Purina Proplan

0800 7701190

Por favor Rote su dispositivo para una mejor experiencia!

Meu gato tem sobrepeso, o que eu faço?

Existem várias coisas que você pode fazer para ajudá-lo. Continue lendo para ficar sabendo mais.

Os estudos sugerem que cerca de 35% dos gatos que são examinados em clínicas veterinárias tem sobrepeso, a principal desordem nutricional para os gatos. Aprenda quais são os perigos da obesidade felina e como preveni-la e trata-la para que seu gato recupere a saúde.


DEFININDO OBESIDADE

A obesidade acontece quando houver um excesso de energia que se torna em gordura e se armazena no tecido conectivo. O acúmulo gradual de gordura ao longo do tempo pode ser rápido ou lento, dependendo do uso da energia que seu gato faz. Considera-se obeso a um animal que está mais de 20% acima de seu peso ideal.

OS PERIGOS DA OBESIDADE

Um gato com sobrepeso é suscetível aos seguintes problemas de saúde:

Uma vida mais curta.

Funções reduzidas no sistema respiratório e cardíaco.

Problemas de digestão.

Aumento no risco cirúrgico. Os níveis de anestesia são mais difíceis de calcular e controlar, também podem gerar complicações para que as suturas fiquem no lugar corretamente.

Problemas cutâneos como dermatite. As pregas da pele resultam em rolos de gordura que convidam à infecção.

Menos tolerância às altas temperaturas. O excesso de gordura fará com que custe dissipar o calor corporal, o qual pode se tornar um problema na época de verão.

Aumento do estresse no esqueleto, ligamentos e tendões. Isto se associa com problemas de desgaste prematuro das articulações e artrite degenerativa, o qual fará com que custe mais ainda fazer exercício para reverter à situação.

Problemas com a reprodução. Diminui a libido e a qualidade do sêmen ou inclusive gera infertilidade nos machos. Nas fêmeas pode causar uma quantidade menor de crias e um aumento na mortalidade dos gatinhos, bem como problemas no parto e na lactância.

Resistência à insulina e diabetes mellitus.

QUAIS SÃO AS CAUSAS DA OBESIDADE?

As causas são divididas em três categorias:

Ingesta de um excesso calórico.  Seu gato come demais e não gasta a energia, motivo pelo qual o corpo o metaboliza em gordura e a retém. Evite dar as sobras ou comida que não esteja formulada especialmente para gatos.

Seu gato pode ter uma predisposição que contribua à obesidade, isto pode ser visto, sobretudo em algumas raças específicas.

Os desequilíbrios endócrinos como os de tiroide ou glândula pituitária podem também causar obesidade.

Se você achar que seu gato tem sobrepeso, consulte um veterinário para que ele possa recomendar uma dieta e um plano a seguir para resolver a situação.

GUIA DE REDUÇÃO DE PESO

O guia de alimentação a seguir é uma sugestão, foi pesada para animais com sobrepeso. Não deveriam substituir o conselho de um veterinário profissional.

- Reduza sua ingesta calórica dando menos alimento. Recomenda-se que a redução não seja mais que um quarto do que ele estava comendo antes.

- Meça a comida de seu gato, caso contrário pode ser muito fácil se exceder.

- Omita a comida de sua mesa. Em alguns casos alcança com limitar este comportamento que resulta prejudicial para seu gato.

- Não dê bolachas ou prêmios de alto conteúdo calórico.

- Se você estiver evitando dar restos de sua comida, pode dividir a porção normal de comida em duas ou três porções para prevenir que ele sinta fome por comer menos vezes por dia. Você evitará que ele esteja rogando por comida.

- Não permita que seu gato tenha acesso ao lixo ou a outros tipos de fontes de potenciais alimentos.

- A colaboração de todos os membros da família é fundamental para superar o desafio de que seu gato perca peso.

- Combine a dieta com exercício.

- Certifique-se de que sempre tenha acesso a uma fonte de água fresca.

COISAS A LEVAR EM CONTA

Se mudar a dieta de seu gato, certifique-se de fazê-lo gradativamente para que sua barriga não sofra. Acrescente uma pequena quantidade de comida baixa em calorias e aumente a proporção desta comida diariamente à medida que diminui a proporção de comida que desfrutava regularmente.

Os perros e gatos deveriam estar em seu peso ideal antes da reprodução. As restrições dietárias severas podem gerar problemas durante a gravidez e a lactância.

EXERCITE SEU GATO

Para conseguir que seu gato retorne ao peso ideal, o melhor é começar um plano de exercício moderado. Se tiver perguntas para fazer, não hesite em consultar com seu veterinário. Recomenda-se que a quantidade de exercício seja aumentada gradativamente para que o gato não sofra problemas ósseos, musculares ou respiratórios.

Caminhar e brincar com ele será muito beneficioso para sua saúde. As calorias se queimam ao tempo em que compartilham um lindo momento junto. Ao iniciar o programa de exercício, o gato pode sofrer algo de fadiga, observe atentamente se ele sentir falta de ar e desce a intensidade do exercício ou freie-o totalmente se houver algum problema.

Apesar de que os gatos não costumam responder bem aos planos de exercício programados, podem responder muito bem a outros métodos mais relacionados com o jogo e a caça. Tente animá-lo através de jogos e brinquedos que despertem o instinto caçador e que o obriguem a se movimentar.

OPTIFIT®
Alimento completo e balanceado ideal para gatos pouco ativos ou com excesso de peso.
Suas necessidades mudam, o seu amor e o seu cuidado por ele não. Conheça as fórmula com a avançada tecnologia de PRO PLAN® Gatos.