Purina Proplan

0800 7701190

Por favor Rote su dispositivo para una mejor experiencia!

Cuidados do cachorro idoso

É muito importante conhecer as necessidades em cada fase. Fique sabendo mais!

Os cachorros, como qualquer outro ser vivo, envelhecem. Envelhecer não consiste só em acumular anos e experiência. O envelhecimento envolve que os órgãos e estruturas do organismo acumulem horas de funcionamento e começa a acontecer um desgaste inevitável. É possível estabelecer medidas para detectar estas mudanças e agir para frear esta deterioração ou facilitar a adaptação às novas circunstâncias.

A MELHOR DAS MEDIDAS É A PREVENÇÃO

Um dos sistemas que reflete este desgaste mais obviamente é o sistema músculo esquelético. Os cachorros idosos sofrem problemas de mobilidade como consequência do desgaste de suas articulações. As articulações estão submetidas a um movimento constante e agem como dobradiças e amortecedores entre os ossos. A estabilidade depende das estruturas próprias da articulação, como a cartilagem ou o líquido sinovial que as lubrifica, mas também dos músculos que as rodeiam. Alguns músculos com um tom adequado ajudam a manter a estabilidade das articulações. Portanto, você deve procurar que o peso de seu animal de estimação não seja excessivo a fim de evitar uma pressão desmesurada sobre suas articulações e manter alguns músculos saudáveis para não perder a estabilidade.

EXERCÍCIOS PARA CACHORROS IDOSOS

É importante estabelecer rotinas de exercício para manter algumas articulações e um sistema cardiovascular saudáveis. Recomendamos que dedique ao menos uns 30 minutos diários para o exercício com seu cachorro. Exercício não significa obrigatoriamente que tenha que fazer corridas, pular para pegar bolas ou discos voadores. Em cachorros idosos deve primar o exercício cardiovascular frente à ansiedade. Basta com um passeio a bom ritmo e, caso você o faça sobre terrenos diferentes ao pavimento, como a areia, um parque ou floresta, muito melhor para as articulações. De fato, já começam a existir centros especializados em reabilitação, que oferecem a possibilidade de alugar uma piscina para desfrutar de um banho junto a seu cachorro. O exercício na água é ótimo para manter um bom tom muscular sem castigar as articulações.

Caso o cachorro já tenha sofrido uma deterioração importante da mobilidade, tem que levar em conta que também precisa realizar exercício a cada dia a fim de evitar que os músculos e articulações entorpeçam. O tipo e duração do exercício dependerão do problema concreto do cachorro, por isso, você deve pedir conselho a seu veterinário sobre as melhores rotinas para ele.

Com isto, você também poderá facilitar um pouco a vida de seu cachorro. Por exemplo, se ele gosta de subir ao sofá para descansar, mas agora não pode, coloque uma almofada ou uma simples caixa de madeira almofadada como escada para facilitar o acesso.

UMA MENTE SAUDÁVEL PARA UM CORPO SAUDÁVEL

Além de fomentar o exercício físico, também é necessário o desenvolvimento do exercício mental. Com a passagem dos anos, o cérebro do cachorro perde capacidade para utilizar a glicose como combustível e isso pode causar certa moleza e perda de interesse por aquilo que o rodeia. O fato de um cachorro ser velho não quer dizer que ele tenha que ficar em um canto. Por isso, é muito importante manter certas rotinas na casa que permitam manter a agilidade mental.

O jogo é seu melhor aliado para consegui-lo. Existem vários brinquedos em lojas especializadas que foram projetados para exercitar a mente, embora também possa lançar mão de jogos clássicos e simples. É importante que peça a seu cachorro regularmente que faça tudo aquilo que aprendeu quando jovem. Se você tinha ensinado a procurar um brinquedo e trazê-lo, a sentar e dar a mão ou deitar, tem que continuar pedindo, mesmo que seja uma vez por dia. Os prêmios serão seu melhor aliado. Você também pode introduzir parte da porção diária de comida em uma caixa de papelão ou em uma garrafa de plástico vazia e escondê-la cada dia em um quarto diferente. Assim, você incentivará o comportamento explorador.

MUDANÇAS INTERNAS NOS CACHORROS IDOSOS

Muitas vezes, não fossem pelos pelos grisalhos que começam a aparecer ao redor do focinho do cachorro, o aspecto externo dele não permitiria assumir que ele está ficando velho. Isso acontece, sobretudo ao início da fase idosa, entre os sete e nove anos em cachorros de raças médias ou grandes, ou inclusive até os 10 ou 11 anos em cachorros de raças pequenas. Nestas idades começam as mudanças nos órgãos que podem não ser óbvios até terem avançado notavelmente. Por isso, é muito importante não esquecer as consultas periódicas com o veterinário.

Os profissionais da saúde podem detectar de forma precoce estas mudanças, seja através de uma simples exploração física do cachorro ou devido à ajuda do exame de sangue. Quando seu cachorro entrar na fase sênior, é recomendável que o leve ao veterinário duas vezes por ano.

ALIMENTAÇÃO PARA CACHORROS IDOSOS

A alimentação pode desempenhar um papel muito importante nesta fase da vida, devido à importância de manter um peso saudável com um controle da densidade calórica. Além disso, se as proteínas são de boa qualidade e em quantidades adequadas, isso facilitará a manutenção da massa muscular.

Normalmente, as fontes de proteínas de boa qualidade também o são das substâncias necessárias para manter e reparar a cartilagem articular. Se também incorporam nutrientes que o cérebro pode usar como fonte de energia junto com a glucose, poderá frear a deterioração mental própria da idade.

Por fim, os antioxidantes são fundamentais para compensar o aumento dos fenômenos de oxidação próprios do processo de envelhecimento dos cachorros idosos.

Na Purina® recomendamos PRO PLAN® com OPTIAGE, uma gama de alimentação seca formulada por nossos veterinários e nutricionistas, que ajuda a melhorar a função cerebral para mais anos ativos graças a nossa mistura exclusiva de nutrientes.

OPTIAGE®com Óleos Botânicos
Fornece nutrição avançada para proteger os cães com mais de 7 anos, mantendo-os saudáveis e ativos.
Não interessa seu tamanho, seu cuidado não tem limites. Conheça o plano de nutrição de última geração que está revolucionando a forma de alimentar e proteger os cachorros.