Purina Proplan

0800 7701190

Por favor Rote su dispositivo para una mejor experiencia!

Alergias alimentares. O meu gato é alérgico?

Às vezes há alguma coisa errada que não sabemos a causa. Damos aqui algumas dicas para que possa identificar possíveis alergias.

As alergias alimentares em gatos são pouco frequentes e normalmente aparecem como reação à proteína de um determinado alimento, que causa um transtorno inflamatório de caráter alérgico. Não deve ser confundido com uma “intolerância alimentar” que é mais comum e menos grave e que desencadeia um processo fisiológico totalmente diferente.

As verdadeiras alergias alimentares podem se apresentar a qualquer idade, mas a média da idade no diagnóstico é de quatro e cinco anos. Os gatos siameses têm maior risco de desenvolver alergias aos alimentos. O diagnóstico é complexo e inclui ensaios baseados no regime alimentar. Não há testes específicos disponíveis. Os estudos mostram que as proteínas causantes costumam se encontrar no boi, os laticínios e o peixe. Os sintomas de uma alergia alimentar são coceira na pele e diarreia. Logicamente, estes sintomas não são específicos e podem indicar outros problemas.

Consulte sempre com o veterinário se observar estes sintomas em seu gato.

SINTOMAS DE UMA ALERGIA ALIMENTAR EM GATOS

Os sintomas habituais de uma alergia alimentar são:

- Problemas na pele: coceira, vermelhidão, cascas, abrasões na pele.

- Infecções de ouvido recorrentes.

- Aumento de bolas de pelo.

- Problemas gastrointestinais como vômito e diarreia.

- Raramente problemas respiratórios.

Caso você suspeite que o gato possa ter uma alergia alimentar, consulte o veterinário. Não tente nunca tratar o problema você mesmo; os ensaios devem ser realizados sempre sob a supervisão de seu veterinário.

Caso contrário, podem aparecer problemas ou deficiências nutricionais; ou é possível que seu gato tenha outro problema que requeira um tratamento diferente.

ENSAIOS PARA IDENTIFICAR ALERGIAS EM GATOS

O método mais eficaz para verificar a existência de uma alergia alimentar é fazer um ensaio baseado na exclusão de alimentos. Neste tipo de ensaios, o gato deve seguir uma dieta hidrolisada especial na qual as proteínas são tão desagregadas que não podem (ou muito raramente) causar reações alérgicas. Como alternativa, também se recomenda uma dieta que contenha proteínas e carboidratos que seu gato não tenha comido nunca antes. Este tipo de dietas pode ser encontrado nas lojas, embora alguns veterinários aconselhem cozinhar a comida em casa.

A duração da dieta especial de exclusão depende do tipo de problema. No caso de problemas na pele, por exemplo, a dieta especial normalmente deve durar de quatro a doze semanas, às vezes mais, enquanto os incômodos gastrointestinais costumam evidenciar uma melhora em pouco tempo. Esta nova nutrição deve ser o único alimento que seu gato coma durante todo o período de ensaio; portanto, os prêmios não são permitidos. Pode resultar muito difícil seguir este tipo de dietas, sobretudo se tiver mais de um gato, portanto, é melhor que você seja honesto se comete um erro e consulte o veterinário se o gato não comer a nova dieta.

DEPOIS DO PERÍODO DE ENSAIO

Uma vez que o gato tiver finalizado o período de ensaio, o veterinário poderá examiná-lo de novo. Se você não perceber nenhuma melhora, devem ser realizados testes para descartar outras doenças. Se houve uma melhora, o veterinário indicará qual é o passo seguinte. Tudo isso depende do problema específico que seu gato tenha e é possível que seja necessário introduzir de novo as proteínas em sua dieta para observar se acontecem reações.

Se os sintomas aparecerem de novo ao introduzir um alimento, é possível que tenha encontrado a causa. Lembre-se que o responsável pode ser mais de um tipo de alimento. Em alguns casos, se os sintomas clínicos foram graves e a dieta que causou a melhora é completa e equilibrada nutricionalmente, os donos e os veterinários podem decidir continuar dando esta dieta em longo prazo sem intuito de encontrar a causa exata da alergia. O processo requer tempo e paciência e é possível que tenha que derivar o gato a um especialista para supervisar o ensaio.

OPTIDERMA® COM ÔMEGA 3 E 6
A PURINA® PRO PLAN® Sensitive foi desenvolvida por médicos veterinários,cientistas e nutricionistas com a mais alta tecnologia Nestlé Purina e ingredientes selecionados. Foi elaborada com a exclusiva tecnologia OptiDerma®, que promove uma digestão fácil e contribui para a manutenção da boa saúde do seu gato. Com sabor peru e arroz, é indicada para gatos que são intolerantes a alguns alimentos, como carne bovina, laticínios e grãos, o que pode causar problemas graves na pele e no intestino do animal.
Suas necessidades mudam, o seu amor e o seu cuidado por ele não. Conheça as fórmula com a avançada tecnologia de PRO PLAN® Gatos.